Profissional de PR Use Vídeos para Estimular Campanhas

Profissional de PR Use Vídeos para Estimular Campanhas

Michelle Garret
1 Março 2017

O uso de vídeos no mundo do PR está bombando. Claro, os visuais sempre tiveram um papel importante nas campanhas de relações públicas, mas com a chegada do vídeo em marketing, nós agora vemos seu uso aumentando como nunca antes em PR.

Por que? Alguns especialistas predizem que perto de 2019, vídeo representará 80% de todo o tráfego web. Também, marketeiros dizem que os vídeos trazem o ROI mais alto. As empresas que incorporaram o vídeo marketing, aumentaram seus lucros em 49%, quando comparados com aqueles que não o fizeram.

Quanto mais as marcas tentam capitalizar no sucesso incorporando vídeos, algumas agências de PR estão usando suas habilidades em storytelling para criar campanhas em vídeos que direcionam o consumidor à compra. Enquanto isso vai contra a cobertura de mídia espontânea tradicional, é uma abordagem que vem ganhando popularidade. A medida que os modelos de PR evoluem, alguns esperam ver mais disso de suas agências.

 

“Marcas estão buscando novas maneiras de alcançar seus consumidores, além dos comerciais”, diz Rick Thomas, presidente da MediaRich Marketing. “Agências de PR não comprarão comerciais, mas eles certamente buscarão criar oportunidades de integração de produtos no rádio e na televisão, promoções no rádio fora do Media Buy, a criação de conteúdo de vídeo que vive para sempre, com transmissões, parcerias digitais e assim por diante”.

Outra razão pela qual os profissionais de PR estão adicionando mais vídeos ao seu mix é que transmite muito mais emoção do que um impresso. E, a mídia social torna fácil o compartilhamento de vídeos, amplificando o alcance da marca.
Tome como exemplo o Land-o-Lakes, que decidiu capitalizar em cima do desejo do cliente de saber o que há em sua comida. A marca co-hospedou um broadcast ao vivo focado no futuro da agricultura chamado “Fields of the Future” (Campos do Futuro), com o então Secretário da Agricultura Tom Vilsack. Mais de 100.000 consumidores assistiram o vídeo nas primeiras três horas.

Live Streaming

Outra tendência que os profissionais de PR estão usando, é a transmissão ao vivo que é um broadcast em tempo real, imagens de vídeo ao vivo para que um público acesse pela internet.Os expectadores podem interagir com o apresentador, convidados ou outros expectadores.

O Facebook Live, Periscope, Snapchat Live Stories e Youtube, são algumas plataformas que oferecem estas capacidades de transmissão ao vivo. Os Millenials (Geração Y), são os maiores consumidores e criadores de vídeos ao vivo, com 63% tendo assistido o conteúdo ao vivo e 42% que criaram os vídeos segundo o e-marketeiro.

Diane Terman, fundadora da Diane Terman Relações Públicas, sugeriu que as marcas pudessem transmitir apresentações de seus produtos, como a General Motors que usou Facebook Live para transmitir o Chevy Volt EV no Consumer Electronics Show ou a Nissam que transmitiu a estréia do Maxima 2016 no Salão de New York.

Outra maneira de incorporar a transmissão ao vivo, é usando-a para trazer eventos à um público maior, sugere Brian Fanzo, o fundador e CEO do isocialfanz e estrategista de vídeos ao vivo. Ele diz que perfeição e controle não deveriam ser o foco da transmissão ao vivo.

“Eu me refiro ao video social como um “conteúdo participativo”, como é o pipeline conectivo que permite uma experiência tão próxima quanto a offline enquanto amplifica o evento de uma maneira autêntica, interativa, que pode ajudar a contruir confiança e integração entre os participantes, apresentadores e influenciadores”, diz Fanzo. Ele alerta que a transmissão ao vivo não deveria ser usada para substituir conteúdo destinado à participantes pagantes, mas sim para complementá-los.

Outra aplicação da transmissão ao vivo para PR, inclui apresentações, conferências de imprensas, tours e demos. Por exemplo, GE usou drones equipados com Periscope para dar tours guiados através de instalações remotas como parte de sua campanha Semana do Drone.

Video Gerado pelo Usuário

Vídeo gerado pelo usuário também aumenta em popularidade como uma simples e eficiente maneira de contar a história da marca para seus fãs mais apaixonados.

“Vídeo online é uma das formas mais persuasivas de CGM (mídia gerada pelo consumidor) e isso é um ponto crítico de atenção para os negócios”, diz Peter Blackshaw, head global de mídia social e digital da Nestle. “São estes vídeos que geram muita tração. Eles nos conectam com os consumidores de uma maneira mais impactante do que um texto normal”.

Procure marcas que canalizem mais seus orçamentos de PR em vídeos nos próximos meses, já que este meio está quente e continua trazendo mudanças na indústria.

Se você gostou deste artigo dicutindo como profissionais de PR usam vídeos e quer se assegurar de ter as habilidades necessárias para ter sucesso no PR moderno, faça download do nosso e-book grátis com as 11 Lições Que Profissionais de PR Precisam Aprender num Mundo Digital.

 

11 lessons