Os Nãos das Mídias Sociais: 6 Coisas Que Nós Ainda Erramos

Os Nãos das Mídias Sociais: 6 Coisas Que Nós Ainda Erramos

Don Williams
26 Janeiro 2017

Melhores práticas são postas depois de um ou dois erros; por isso, ler sobre passos errados só vai te ajudar quando você estiver planejando uma estatégia anual de mídia social.

Depois de ler sobre os “nãos” leia sobre os “sins” para construir um plano de mídia social que funcione.

Parece que nós estamos utilizando a mídia social desde sempre. Faz tanto tempo assim? De fato, poucos de nós se lembra de quando nossos celulares eram usados, bem, para fazer ligações. O que nós fazíamos antes de digitar e fazer uploads das fotos das nossas escolhas do jantar? Eu sei que uma vez um pager apareceu na Agência de PR em Seattle, mas não consigo me lembrar se eu nunca precisei dele ou se mesmo se eu soubesse usá-lo ele desapareceria da minha memória. Além disso, estávamos ocupados usando nossos telefones de mesa, e-mail e a máquina de fax para atualizar nossos cientes e divulgar nossos contatos de imprensa. Em retrospectiva, tudo parecia tão…antigo.

Com mais de uma década usando as mídias sociais para se comunicar a nível pessoal e profissional, você acharia que todos nós tiraríamos proveito delas. Mas é triste quando você flagra erros em todos os cantos que olha – celebridades postando coisas insensíveis; funcionários twitando em massa logo nas primeiras horas do dia; e todos os dias colegas vivendo as coisas mais inconcebíveis no Facebook.

Com esses lembretes constantes e diários, eu tenho compilada minha lista de coisas que “nós” ainda estamos errando.

1. Quando você não varia seu conteúdo para caber em cada plataforma de mídia social. Você não quer que seus seguidores vejam o mesmo texto em cada canal. Apareça com diversos títulos e hashtags que você puder usar. Personalize seu conteúdo.

2. Não poste material ofensivo: Então, você é uma pessa engraçada – pelo menos é o que todos dizem – mas e se talvez você não for tão engraçado assim? E se as sua piadas não traduzem completamente seu grupo de amigos? Pare e pense antes de twitar. Lembre-se que nem todo mundo entrará na brincadeira. Até mesmo comediantes profissionais pisam nesta mina de vez em quando. Nem tudo é piada digna. Leva uma vida para você construir uma reputação e um segundo para destruí-la.

3. Quando você não tem um plano e perde tempo desenvolvendo este plano. Nem tudo é uma boa idéia e merece esforços. Muitas empresas ficam entusiasmadas e querem começar a usar seu mais novo canal para bombardear seus seguidores. Crie sua estratégia, agenda de conteúdo, funções e responsabilidades e dê a seus seguidores razões para se sintonizarem e participarem.

4. Se você não tem um plano. Se você tem um negócio e quer criar uma estratégia de mídias sociais impactante e bem sucedida – contrate um profissional. Eu ouço isso diversas vezes por semana… bem, nós temos um estagiário que tira fotos e as posta no Instagram. Eu não tenho dúvidas que seu estagiário possa fazer exatamente isso! Mas, a expectativa não é que ele faça mais? Eu acredito muito que as empresas que têm maior impacto nas mídias sociais utilizam seus ativos mais experientes – aqueles que têm trabalhado no marketing, relações públicas, serviço ao cliente ou outros departamentos onde eles aprenderam a cultura da empresa e que saibam como contar uma história. No fim das contas, você terá o retorno do seu investimento!

5. Quando você não responde. Você deve interagir. Recentemente eu postei na página de Facebook de uma empresa com uma pergunta sobre uma nova localização. Já faz várias semanas e eu ainda não recebi uma resposta. Como você pode ser social se você não é social? Na verdade o próprio nome diz – mídia “social”. Não faz nenhum sentido não responder nos seus canais de mídia sociais. Se empenhe ou seja deixado para trás.

6. Quem é meu público alvo? Você sabe quem é seu público alvo? Muitas empresas não sabem. Empresas deveriam saber quem são seus clientes e quem não. Postar às cegas é uma perda de tempo e confunde qualquer seguidor que você tenha adquirido.

Se algum destes 6 “erros” de mídias sociais soam familiares para você, então seria benéfico fazer uma mudança de estratégia. Lembre-se de desenvolver um plano, agir de acordo com ele, objetivá-lo sabiamente e comunicar. Com isto, eu não vou precisar checar a minha página de Facebook para ver se eu já recebi uma resposta – sem prender a respiração.

Este artigo apareceu originalmente no Williams Group Public, escrito por Don Williams do Business2Community e foi legalmente licenciado por NewsCred publisher network.