Erros Comuns nas Mídias Sociais

Erros Comuns nas Mídias Sociais

Justin Wilson
30 Abril 2017

Criar e manter uma presença de mídia social sem um plano claro ou orçamento, pode resultar em uma mídia social falha. Este post descreve outros erros comuns de mídia social que podem bloquear sua marca. Quando estiver pronto para criar um programa social robusto, baixe nosso ebook, Social to Scale.

A mídia social é uma grande oportunidade para a maioria das organizações, sejam elas B2B ou B2C, ou se operam on-line ou de um local físico. E enquanto a teoria da mídia social é simples (ou seja, se eu escrever um grande conteúdo, as pessoas serão capazes de se envolver com ele), a execução não é tão simples. Aqui estão alguns erros comuns que são feitos na mídia social que você deve fazer o seu melhor para evitar:

Sem Plano: Se você não sabe o que quer alcançar com as mídias sociais, como você pode possivelmente esperar alcançar algo? Deseja que sua conta direcione o tráfego, entretenha, seja um canal de atendimento ao cliente, seja uma plataforma de relações públicas ou algo mais?

Sempre Vendendo: A mídia social tem tudo a ver com o envolvimento do usuário final – e nada desconecta as pessoas mais do que vender o tempo todo. Isso não quer dizer que você nunca pode vender, você só precisa ganhar o direito de publicar outros conteúdos não-vendas. Certifique-se de escolher o seu momento com cuidado. Não use estes caras como exemplo.

Comprar Seguidores: Nunca funciona. E derrota completamente o ponto da mídia social. Você deve estar focado em seu alcance, em vez de seu tamanho de público. Só porque eles estão seguindo você, não significa que eles estão te ouvindo. E se você comprar seguidores, eles não estão ouvindo e provavelmente, não pessoas reais.

Inconsistência: Você deve considerar o seu público-alvo quando estiver postando. Estariam interessados no que você está dizendo? Se você estiver usando uma plataforma para falar sobre o seu negócio, sua equipe de esportes, sua família e política, você está errando. Você deve se concentrar em postar sobre apenas um tópico e fazê-lo brilhantemente.

Frequência: O número de vezes que você posta por dia deve ser diferente por rede social: a vida útil de um tweet é muito menor do que a duração de um post no Facebook, por exemplo. Então, gaste um tempo pensando com qual frequencia irá trabalhar e se aprofunde em seu analytics para descobrir quando é mais provável que seu público esteja online – isto maximizará seu alcance.

Não Aprender Lições: Pacotes de análise para as 3 ‘velhas’ redes sociais: Facebook, Twitter e LinkedIn são muito bons. Você deve investir tempo olhando analytics para ver onde você poderia melhorar suas ofertas de mídia social. E se suas contas de mídia social direcionarem o tráfego para seu site, então faz sentido continuar postando. Verificar sua análise da web também lhe dará uma visão de qual canal social converte em visualizações de página.

Abusar de Hashtags: Hashtags são uma ferramenta poderosa. E grandes poderes trazem grandes responsabilidades (obrigado, Homem Aranha). Use hashtags com moderação e não sobrecarregue seu post com elas. Ela torna a leitura da mensagem real muito difícil, especialmente se é longa #hashtaglongasimplesmentenaofuncionaentaonaouse.

Erros de Digitação: Typos vão acontecer nas mídias sociais, mas quando acontecer vai distrair o usuário ao qual você está tentando comunicar uma mensagem. Assim, evitá-los ajudará a ressoar sua mensagem.
Se Espalhar para todas as direções: Ao invés de criar contas no Facebook, Twitter, LinkedIn, Instagram, Snapchat e YouTube, você deve concentrar seus esforços em uma rede para começar – aquela onde é mais provável envolver seu público. Além disso, seu público está interessado em seu conteúdo em todas as redes sociais? Você tem certeza? Todos eles?!

Quando você estiver pronto para planejar um programa de mídia social que evita esses erros comuns de mídia social e for trabalhar para a sua marca, baixe nosso ebook para começar.